Subscribe:

Ads 468x60px

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

UMA DÉCADA PERDIDA?

OS MÁGICOS ANOS 80

Bom, como nasci em 68, na década de 80 eu fui pré-adolescente, adolescente e jovem. Pra se ter idéia em dezembro de 88 eu estava me casando, do alto dos meus 21 anos.


Existem muitos sites que falam sobre os anos 80, mas vou passar as informações do meu ponto de vista, daquilo que era relevante pra mim, considerando que na época não tínhamos internet e a informação se resumia ao que nos chegava pela TV.

Na minha opinião, os 80 se parecem um pouco com os 60. A valorização da moda, das artes, da música, a geração saúde como fomos chamados, tudo isso estava em evidência. Engraçado é que na década de 80 havia um movimento revival dos anos 60, assim como acontece hoje com os 80. Será que isso é um ciclo, tipo, temos a tendência de valorizar a década passada a vinte anos atrás? Mas agora (século XXI, ano 2010) tem uma diferença: A internet chegou como um elemento novo, e talvez só vamos assimilar sua contribuição, ou os prejuízos causados por ela, daqui a vinte anos. Aprendemos recentemente que a internet não serve apenas para pesquisar coisas, mas também para se relacionar, e para tornar suas idéias conhecidas no mundo.


Da mesma maneira que essa geração de jovens fala “Véi” a geração dos 80 falou “Cara”. Quando uma coisa era legal, era “massa”, por causa da música A Massa, de Geraldo Sodré que quase ganhou o festival de 80.

O tênis All Star é um negócio engraçado, ele atravessa gerações. Tava lá nos 60, nos 80, e voltou com tudo hoje em dia. Tá certo que nos 80 eu usava Redley, pra compor o figurino, e quem podia usava Adidas, que tinha alguns modelos muito mais bonitos que os de hoje, como o Top Ten Nigth ou o Basket Super. Mas o All Star sempre é “redescoberto” pelas gerações. Tem um negócio meio “mágico” com esse tênis.











A moda dos anos 80 era muito eclética. Quando a Blitz estourou com a música Você não soube me amar, todo mundo queria usar cabelo de rabinho igual ao Evandro Mesquita, e também as roupas coloridas que eles usavam.





A partir de 85 mais ou menos, as bandas de Brasília (Legião Urbana, Plebe Rude, Capital Inicial, Paralamas) e as de São Paulo (Ira, Inocentes, Titãs), deram um toque Punk no estilo da moçada da época. Aí o negócio ficou mais sinistro, rsrsrs.

A gente ia em todos os lugares de ônibus, quando muito era a Brasília do pai emprestada. Ninguém tinha carro à vontade como é nos dias de hoje.



A melhor seleção brasileira de todos os tempos, na opinião de alguns era a de 1982. Comandada pelo saudoso Telê Santana, eles jogavam um futebol maravilhoso, aliás jogavam não, davam espetáculo. O Telê conseguiu reunir no mesmo time jogadores como Falcão, Cerezo, Sócrates e Zico, além de Éder e Leandro. Não ganhou, mas é lembrada até hoje, se quiser ver as jogadas acesse no youtube.



A geração de Vôlei dos anos 80 – mais conhecida como “Geração de Prata” abriu caminho para que 10 anos depois o brasil conquistasse o ouro nas olimpíadas e se tornasse Top no Voleibol Mundial, permanecendo até hoje. Antes, o Brasil esbarrava na alta estatura dos europeus e norte-americanos. Porém, eis que surge Bernard e dá o famoso “jeitinho brasileiro”, adaptando para as quadras um saque que inventou jogando vôlei nas praias: o saque “jornada nas estrelas”.

O saque atingia cerca de 25 metros de altura, e retornava numa velocidade de aproximadamente 70 km por hora, dificultando a recepção dos adversários. Todo mundo torcia pra chegar a vez do jogador Bernard sacar.

Alguns acontecimentos mundiais

A Fome de 1984-1985 na Etiópia tava a todo vapor, resultando em esforços internacionais para ajudar o povo etíope, incluindo o famoso concerto Live Aid, em Julho de 1985.

John Lennon é assassinado em 1980 nos Estados Unidos, por um fã maluco que queria ficar famoso.

A Informática começava a dominar as empresas com o IBM PC e o Apple Macintosh, além do lançamento do Windows, a as pessoas começaram a ter acesso também com os computadores pessoais, ou PCs. Lançaram os walkmans e videocassetes; teve também o lançamento do CD, pois até então era tudo em Vinil.




Dá uma olhada em algumas bandas que surgiram nos anos 80: Dire Straits, A-ha, Supertramp, U2, The Smiths, Duran Duran.



Dentre os artistas internacionais destacam-se Michael Jackson, que também inventou o videoclipe moderno; a contraparte feminina, Madonna e Cyndi Lauper, um dos principais ícones fashion de todos os tempos.

Bem, isso é só pra ter uma idéia. É claro que não dá para retratar uma década inteira em algumas linhas.



Um abraço e até a próxima!

2 comentários:

Cláudio Albano disse...

Parabéns, excelente post

deivson disse...

muito bom

Postar um comentário